fbpx

Investir em novos equipamentos é algo que faz parte da rotina de qualquer fotógrafo que tem um fluxo de trabalho constante. Sejam produtos necessários para a realização de suas fotografias, ou uma atualização dos equipamentos que já possui, essa compra deve ser realizada de maneira consciente ou vai trazer prejuízo na certa.

Quando é a hora certa de investir? Depende basicamente da sua necessidade.

Comprando pela primeira vez

 

Para começar a trabalhar com fotografia, você precisa de um corpo de câmera, lente do kit e um flash. Pode-se dizer que são itens que dão uma certa versatilidade para o fotógrafo iniciante, pois permitem que se experimente diferentes tipos de fotografia, inclusive durante a noite.

Inclusive, para quem está começando, é super importante não investir todo o seu dinheiro em equipamentos, afinal, é preciso aprender sobre fotografia. Não importa se você quer a câmera por hobby ou para iniciar uma carreira profissional, se não souber o que fazer com ela, vai apenas gastar dinheiro à toa.

Investir em novos equipamentos - primeira câmera

A câmera é uma ferramenta importante para o trabalho de um fotógrafo, mas sem o conhecimento adequado, ele não serve de nada. Foto por Josh Sorenson / Pexels.

Assim, é ideal dividir o seu investimento em estudo e equipamento. É muito melhor investir em conhecimento, porque com muito conhecimento de fotografia você consegue atingir excelentes resultados com equipamentos simples. Enquanto quem não tem conhecimento não consegue resultados bons nem com os melhores equipamentos do mundo.

Com essa estratégia, você investe em um bom curso, aprende mais rápido e tem mais confiança para fazer as fotos que sempre desejou e atender clientes de maneira satisfatória.

Aumentando o setup

 

Depois de dominar o seu equipamento atual e começar a criar uma cartela de clientes no seu nicho, trabalhos mais complexos começam a aparecer. Assim, surge a necessidade de aumentar o número de equipamentos para dar conta de todas as demandas.

E o que pode ser necessário na fase de expansão? Podemos citar como exemplos:

  • Mochila fotográfica melhor, para acomodar mais itens com segurança;
  • Tripé, para ter mais estabilidade na hora de fotografar;
  • Baterias extras para te dar tranquilidade em trabalhos mais longos;
  • Lentes de melhor qualidade para entregar fotos melhores;
  • Filtros polarizadores e de densidade neutra, para usar em diferentes situações;
  • Um disparador remoto, para ter mais flexibilidade;
  • Kit de limpeza para a manutenção do seu equipamento.
  • Cartão de memória para garantir que seus registros sejam salvos da maneira certa e HDs externos para backup.

Quanto mais específico for o seu nicho, mais itens diferentes você terá que adquirir. Mas lembre-se sempre que a aquisição deve ser feita com estratégia ou você pode gastar seu dinheiro com algo muito caro que nem precisa tanto no momento.

Atualizando o setup

 

Atualizar o setup é algo que causa uma bela dúvida, afinal, os equipamentos de audiovisual costumam ser mais caros e um investimento assim requer o máximo de certeza possível na hora de decidir pelo novo equipamento.

Existe hora certa para atualizar? Essa é uma pergunta que não tem uma resposta clara, mas acredito que, antes de pensar em trocar qualquer equipamento, você deve tentar extrair ao máximo dele. Afinal, a qualidade não diminuiu, mas foi a sua visão e experiência que aumentaram.

Investir em novos equipamentos - atualização

A atualização do seu equipamento deve ser feito quando você chega no limite do que seu equipamento atual proporciona. Foto por Hubert Nowik / Pexels.

No caso de você sentir que chegou ao limite com seu equipamento atual e até mesmo com toda a habilidade que adquiriu e técnicas que experimentou, você não consegue ver uma melhora desejada nas suas fotos, então significa que está na hora de fazer aquele upgrade que você vem tanto pesquisando.

O ponto chave aqui é: invista no novo equipamento quando sentir que é a hora, e não porque tem coisa nova sendo lançada no mercado. Respeite o seu tempo, o seu ritmo, e trabalhe a sua fotografia com consistência. O equipamento é uma ferramenta para servir a sua criatividade, e não a fonte dela.

Aproveite para continuar a conversa usando a sessão de comentários aqui do blog. Deixe a sua dúvida e vamos conversar.

Até o próximo conteúdo aqui no Aprenda com Paulo!

One Comment

Leave a Reply