fbpx

“É preciso ter paciência para esperar o que vai acontecer. Pois algo vai acontecer, necessariamente. Na maioria dos casos, não há como acelerar os fatos. É preciso descobrir o prazer da paciência.” A frase atribuída ao grande fotógrafo brasileiro Sebastião Salgado mostra uma das principais qualidades associadas ao fotógrafo profissional, a de ser paciente.

A pressão por produzir constantemente nos faz querer acelerar as coisas. Entretanto, uma boa produção fotográfica só acontece quando alguns fatores são levados em consideração:

– o desejo do cliente é compreendido e suas expectativas alinhadas;
– uma boa preparação é executada;
– o processo definido e seguido por todos os profissionais envolvidos, desde a captura até a edição e entrega do material.

Paciência - ensaio fotográfico

A paciência ajuda a avaliar as condições do trabalho e manter um fluxo ideal de ações. Foto por Lisa / Pexels.

Por isso, no artigo de hoje, vamos conversar sobre a importância de não se apressar na hora de fotografar.

A FALTA DE PACIÊNCIA NOS LEVA A ERRAR

 

Ao pegar numa câmera e sair por aí, seja para praticar ou num trabalho, muitas vezes levamos nos ombros o peso da “obrigação” de voltar com uma foto que seja memorável, impactante. Mas uma das lições mais valiosas que podemos aprender é confiar no processo ao invés de criar expectativas enormes nos resultados.  

Não me leve a mal, claro que temos que buscar bons resultados na fotografia. Entretanto, essa não deve ser a nossa preocupação principal. Quando falo em confiar no processo, é ter uma metodologia que faça sentido para você e que você siga sempre que for fotografar. Por exemplo:

– o tipo de luz a ser usada;
– o sujeito fotográfico abordado;
– o tipo de locação que vai te ajudar a obter o resultado que pretende;
– se você precisa de equipamentos extras, assistência ou dará conta sozinho;
– o deslocamento até o local, se precisa chegar com antecedência para configurar algo antes…

 

Ao ter um processo em que você pode confiar, chegar ao resultado desejado é mais fácil e objetivo, e causa menos ansiedade e nervosismo antes e durante o trabalho.

Paciência - preparação

Fazer um checklist de equipamentos antes de cada trabalho é uma forma de te ajudar a manter a calma e focar no que importa. Foto por Sander Dalhuisen / Pexels.

A IMPORTÂNCIA DA METODOLOGIA

 

Seja um fotógrafo iniciante ou um profissional de longa data, cometer erros é algo rotineiro na fotografia. Mas muitos deles são evitados ao simplesmente manter a calma. Por isso, não tente acelerar o rumo das coisas, e se concentre em aproveitar cada clique, cada foto editada, cada ideia que surgir para testar. Estabeleça um processo fácil de seguir e você irá evoluir no ritmo adequado para a sua rotina.

Em primeiro lugar, verifique se as configurações da câmera estão de acordo com a situação do trabalho. Analise o ambiente para encontrar os melhores ângulos e detalhes. Pense na composição, veja se faz mais sentido fotografar em um plano mais fechado ou aberto. Procure características únicas para inserir na sua foto. Tenha o controle do máximo de parâmetros que puder. Assim, use sua mentalidade calma e racional para todas as escolhas que você vai fazer para conseguir o clique desejado. 

E POR ÚLTIMO, MAS NÃO MENOS IMPORTANTE

 

Ao ser capaz de analisar todas as possibilidades, é possível escolher uma linha de ação que se encaixa no seu estilo de trabalho, e permite buscar a foto desejada com mais segurança. Faz parte do processo fotográfico se sentir bem consigo mesmo e com seus objetivos, então se cerque de coisas que te dêem essa segurança e fotografe com satisfação. Confie no seu processo, mesmo que ainda o esteja aperfeiçoando. Assim como a vida, tudo evolui, e nossa visão criativa nos leva a novos trabalhos e possibilidades.

 

E se restou alguma dúvida a respeito do tema, use a seção de comentários e vamos conversar.

Até o próximo conteúdo aqui no Aprenda com Paulo!

Leave a Reply