fbpx

A cada ano que passa vemos as fabricantes de câmeras e smartphones promoverem os seus lançamentos com diferenças significativas em comparação aos modelos anteriores. Sensores melhores, processamento de imagem aprimorado e algo que o marketing gosta bastante de usar: a quantidade de megapixels

Para alguém leigo no assunto, é fácil achar que uma câmera com 50 MP vai fazer fotos melhores que uma de 12 MP, por exemplo. Isso acontece pois as pessoas associam a resolução da imagem diretamente à sua qualidade. Mas para nós, fotógrafos, a realidade é bem diferente. 

Megapixels - Hasselblad X1D II 50C

A Hasselblad X1D II 50C é uma câmera de médio formato com 50MP. Foto por Hasselblad / Divulgação.

É possível ter imagens menores com muita qualidade e imagens gigantes com qualidade sofrível. A verdade é que existem vários fatores que afetam a qualidade de imagem, e é sobre eles que vamos falar no artigo de hoje.

Porque devemos considerar os sensores das câmeras

 

Ao comprar uma câmera, de acordo com tipo de equipamento que estamos buscando, vamos encontrar sensores bem diferentes que apresentam características únicas. 

A maioria dos fotógrafos profissionais preferem câmeras com sensor Full Frame, que é equivalente aos antigos filmes de 35mm e proporciona uma área maior de enquadramento, além de pixels maiores que captam mais luz e resultam em fotos melhores em situações de baixa luminosidade. 

Abaixo dele, temos sensores APS-C, e costuma-se chamar as câmeras que apresentam esses tipo de sensor de “câmera crop”. Isso acontece pois, comparado a um sensor Full Frame, ela traz uma área menor de enquadramento e pixels menores, que captam menos luz e podem gerar mais ruído na imagem em condições de baixa luminosidade. 

Megapixels - tamanhos dos sensores

O Fator Crop?

 

O fator crop varia de fabricante para fabricante, e na prática significa o campo de visão que sua câmera vai ter de acordo com a lente equipada nela. Em câmeras Full Frame, uma lente 35mm permanece com um campo de visão mais amplo. Já em câmeras APS-C da Canon, o fator crop é de 1.6x, enquanto na Nikon e Sony temos o fator crop de 1.5x e em câmeras micro 4/3 da Olympus e Panasonic, um fator de 2.0x. 

Em resumo, isso quer dizer que uma lente 35mm vai ter um campo de visão equivalente a 56mm nas câmeras crop Canon, 52,5mm nas câmeras crop Nikon e Sony, e 70mm nas câmeras micro 4/3 Olympus e Panasonic. 

Uma observação é que este corte não transforma uma lente na outra, ela permanece com as mesmas características ópticas, o que muda é o campo de visão que será enquadrado nas fotografias. 

Agora que sabemos um pouco mais sobre os sensores das câmeras, vamos entender como isso afeta a resolução da imagem.

Quais fatores afetam a resolução?

 

Falando de maneira objetiva, existem 4 fatores que são diretamente afetados pela resolução da imagem. São eles:

1. Tamanho da impressão

Quanto maior a resolução, maior o tamanho potencial que a impressão pode alcançar. Ou seja, se você quer fazer grandes impressões, seja para uma exposição autoral ou para um cliente que deseja criar outdoors, mais megapixels serão necessários para atender essa demanda.

2. Crop da imagem

A maior resolução aqui possibilita cortar imagens na pós-produção sem perder detalhes importantes. Isso traz uma liberdade maior para o fotógrafo pois em muitas situações é impossível chegar mais perto do que está fotografando. Com essa carta na manga, é possível destacar aquilo que ficou distante ou simplesmente evidenciar algo mais interessante. Assim, dá para enquadrar a imagem de uma maneira diferente do que foi planejado inicialmente, como é bem comum de acontecer no caso de retratos.

3. Redução do tamanho

Certamente, é muito mais fácil pegar um arquivo com mais megapixels e transformá-lo em um de menor quantidade de megapixels sem perda de qualidade. Quanto mais informação você tem no arquivo, mais liberdade tem para trabalhar com ele.

4. Reprodução em displays

Atualmente, uma série de dispositivos ganhou telas que reproduzem imagens em alta resolução. Alguns, como monitores e TVs, são capazes de chegar a 4K. Então, produzir imagens com mais megapixels pode ser necessário quando o foco é uma reprodução mais fiel com alto nível de detalhes.

Megapixels - tabela de impressão

Relação entre quantidade de megapixels e tamanho de impressão. Gráfico por Zoom.

Imagens com muitos megapixels são sempre boas? 

 

A resposta para essa questão é bem simples: depende. Quanto maior a quantidade de megapixels, a tendência é que o arquivo apresente uma resolução maior quando comparado a um JPEG

Assim, se você tem limitação de espaço, isso pode ser um problema. Se você é do tipo de fotógrafo que produz uma boa quantidade de imagens, pode precisar de cartões de memória com maior capacidade de armazenamento durante os trabalhos. 

Além disso, o seu computador deve ter um bom HD para receber as fotos de cada trabalho, e configurações mais robustas para dar conta de processar tudo na pós-produção. Isso impacta diretamente o seu fluxo de trabalho, então considere se é realmente necessário fotografar usando toda a resolução disponível na câmera

Ou seja, use a quantidade necessária de megapixels para atender suas demandas e manter o seu fluxo de trabalho ágil

 

Aproveite para continuar a conversa usando a sessão de comentários aqui do blog. Deixe a sua dúvida e vamos conversar.

Até o próximo conteúdo aqui no Aprenda com Paulo!

Leave a Reply