fbpx

Escolher a câmera ideal pode ser uma tarefa difícil com tantas opções disponíveis no mercado. A cada ano, novas versões de equipamento surgem, e com elas, o desejo de ter a mais recente novidade do mercado.

Os diversos lançamentos ajudam a dificultar o nosso senso de escolha devido a diversos fatores. Dentre eles, podemos destacar novas funcionalidades, sensores mais potentes, novas lentes exclusivas e em certos casos, o trabalho bem feito de embaixadores das marcas que despertam o nosso desejo em comprar um corpo novo de câmera.

Câmera Ideal - opções no mercado

São tantas opções legais disponíveis no mercado, que a vontade é de levar todas. Foto por C. Cagnin / Pexels.

Mas seja para um fotógrafo que está começando ou para um profissional que necessita de um upgrade, comprar novas câmeras todos os anos é inviável por conta do valor necessário para o investimento. Assim, escolher a câmera ideal se torna algo importante, pois ela deve suprir as suas necessidades por vários anos e caber no seu orçamento.

Como escolher a câmera ideal então? É o que veremos neste artigo.

Começando na fotografia? Compre apenas o necessário

 

Saber investir com sabedoria é essencial para um negócio, principalmente a longo prazo.

No caso de quem é hobbysta, comprar a câmera ideal significa não gastar além do necessário. Um equipamento de entrada pode muito bem satisfazer aqueles que tem interesse na fotografia mas só querem fotografar ocasiões especiais. Já uma câmera semi profissional vai ser interessante para quem quer fotografar com mais frequência mas não tem interesse algum em se profissionalizar.

Mas se você está começando na fotografia para se profissionalizar, é isso que deve ter em mente: você está construindo um negócio e todas as compras devem ser feitas para torná-lo sustentável. Se você gasta todo o seu dinheiro no melhor corpo de câmera disponível, como vai fazer para comprar lentes, flash, tripé, e demais acessórios que precisa para atender os seus clientes?

Câmera Ideal - necessidades

A câmera ideal para quem está começando é aquela que cabe no orçamento e é versátil para vários tipos de trabalho. Foto por Cottonbro / Pexels.

Além disso, dependendo da marca que escolher, terá que encarar algumas desvantagens. Por exemplo, algumas marcas não atuam de forma oficial no Brasil, o que encarece os seus produtos. E se você mora longe de um grande centro, pode ter problemas com a manutenção do equipamento, já que não terá assistência técnica oficial e terá que procurar técnicos independentes.

Portanto, se você é um fotógrafo iniciante, estude as opções disponíveis no mercado para saber se elas atendem às suas necessidades. Comprar um equipamento novo vai te deixar tranquilo quanto a procedência e garantia, enquanto que comprar uma câmera usada pode ser mais vantajoso pela possibilidade de pagar um pouco menos. O cuidado principal é avaliar a procedência do equipamento, pois quanto mais bem cuidado pelo dono anterior, mais ele vai durar em sua posse.

Já trabalha com fotografia? Faça upgrades certeiros

 

Se você já trabalha com fotografia e se sente limitado por seu equipamento atual, com certeza já se perguntou quando é o momento de atualizar a sua câmera fotográfica, não é mesmo?

Essa é uma pergunta que não tem uma resposta clara, mas acredito que, antes de pensar em trocar o corpo da sua câmera, você deve tentar extrair ao máximo dela. Afinal, a qualidade dela não diminuiu, mas foi a sua visão e experiência que aumentaram.

Caso você já fez o possível e, mesmo assim, até mesmo usando um conjunto incrível de lentes, você não consegue ver uma melhora desejada nas suas fotos, então significa que está na hora de fazer aquele upgrade que você vem pesquisando.

Ainda assim, todo o cuidado é pouco na hora de realizar essa troca. Para exemplificar, reflita sobre as perguntas a seguir:

  • Você vai se manter no ecossistema atual da marca que possui ou vai migrar de marca?
  • Com o novo corpo, você terá as lentes necessárias para continuar trabalhando?
  • Você terá que se desfazer de algum equipamento atual para poder comprar o novo?

A compra da nova câmera não pode atrapalhar os seus trabalhos que já estão em andamento, afinal você tem um negócio para manter e as obrigações não dão pausa.

Como escolher a câmera ideal?

Se quiser descobrir de forma mais aprofundada qual câmera você precisa pro tipo de fotografia que gosta de fazer, recomendo conferir meu curso Segredos da Fotografia, que vai te ajudar a escolher a câmera, lentes e acessórios certos para suas necessidades. O melhor de tudo, estou oferecendo 10% de desconto para os leitores do blog, usando o cupom BLOGDOPAULO.

Use o cupom BLOGDOPAULO para se inscrever no curso Segredos da Fotografia com 10% de desconto.

Até o próximo conteúdo aqui no Aprenda com Paulo!

2 Comments

  • João Mansano diz:

    Muito bom o texto Paulo! Bem consciente! Hoje estou acho que na faixa de querendo me profissionalizar, hoje uso uma t3i e tem sido uma guerreira, mas gostaria de melhorar a qualidade das imagens e passar pra uma full frame! Hoje eu fico só observando e vendo os sites, mas meu sonho no momento seria uma Canon R6 ou uma Sony A7III !

    • Paulo del Valle diz:

      Obrigado pelo comentário João.
      Quanto as câmeras escolhidas, vão te dar uma longevidade muito boa quando adquiridas. Foco nas economias e compre consciente quando possível 😃

Leave a Reply