fbpx

Erros que estão atrapalhando os seus negócios como fotógrafo aparecem com frequência. Trabalhar com fotografia em tempo integral é o sonho de uma boa parte dos entusiastas.

Fotógrafos iniciantes começam a fotografar por hobby e vêm na atividade algo prazeroso e lucrativo. Entretanto, uma vez decidido a entrar no mercado, o seu foco também deve abraçar áreas diversas. Gestão, marketing, trabalho em equipe e muita argumentação para lidar com clientes, fornecedores e parceiros.

E quando você se vê fazendo tanta coisa ao mesmo tempo, percebe que um negócio de fotografia exige atenção total. Em outras palavras, não é apenas postar fotos bonitas na rede social e esperar os clientes aparecerem. Também inclui criar estratégias que façam seu negócio ser sustentável a longo prazo

Erros nos negócios - gestão

Muito do trabalho de um fotógrafo profissional é feito sem a câmera na mão. Foto por Tima Miroshnichenko / Pexels.

Essas estratégias envolvem a sua postura como profissional e a maneira que você se comunica com clientes e parceiros. Por isso, no texto de hoje, vamos abordar 3 erros que podem atrapalhar o desenvolvimento do seu negócio de fotografia.

Erro 1 – Networking

 

O primeiro erro a ser considerado é não fazer networking o suficiente. Networking é um termo bastante popularizado nos últimos anos pela área do marketing, e significa rede. Ou seja, diz respeito à sua capacidade de criar uma rede de contatos.

É bem comum conhecer pessoas novas ao longo da trajetória profissional. E muitas delas podem acabar se tornando clientes e até parceiros de negócios. Sem dúvida, um bom relacionamento com seus seguidores nas redes sociais pode gerar interesse o suficiente para que alguns peçam um orçamento para você e se tornem seus clientes.

Erros nos negócios - Networking

Criar uma rede de contatos abre portas para futuras oportunidades. Foto por Ekaterina Bolovtsova / Pexels.

Bons trabalhos realizados com clientes os deixarão satisfeitos ao ponto de indicar seus serviços. Essas indicações são feitas na grande maioria para as pessoas do seus círculos de amizade. Alguns profissionais se aproveitam disso de maneira positiva e oferecem vantagens exclusivas. Só para ilustrar, essas vantagens vão desde fotos extras até descontos em novos trabalhos mediante as indicações.

Quanto maior é a sua rede de contatos, mais oportunidades podem surgir delas. Então é vital frequentar os lugares e eventos certos e manter uma boa presença digital. Você deve criar essas conexões de forma sincera e sustentável. Afinal, ninguém curte quem se aproxima por puro interesse.

Erro 2 – Entrega

 

O segundo erro é não surpreender na entrega. Outro termo muito usado no marketing é o over-delivery, que é a capacidade de entregar mais do que aquilo que o cliente espera. Em outras palavras, uma forma bem inteligente de marcar sua preferência na mente do cliente e aumentar as chances de que ele te contrate novamente no futuro.

Entregar os produtos antes do prazo e dar brindes são algumas das táticas que podem ser usadas. Então, quanto mais você se dedica a satisfazer esse cliente, mais encantado ele ficará. Se você atende empresas com seus serviços, isso pode contar pontos para novos trabalhos no futuro com condições melhores.

Erros nos negócios - entrega

Empresas procuram parceiros confiáveis. Se você surpreende na entrega, é visto com outros olhos. Foto por Rebrand Cities / Pexels.

Empresas em geral costumam lidar com fornecedores de uma maneira bem objetiva: eles querem o melhor preço com a melhor entrega. Então se no primeiro trabalho você consegue algo interessante e surpreende, os gestores podem apostar em você para executar trabalhos mais elaborados. Com a confiança do cliente, você tem mais liberdade para criar algo único e interessante, enquanto pode até cobrar a mais por isso.

Mas tudo deve ser feito com o máximo de atenção para que não haja problemas. Converse o quanto for necessário com o cliente e defina tudo em contrato, para garantir uma certa segurança no caso de algum imprevisto.

Erro 3 – Relacionamentos

 

Para finalizar, o último erro é um dos que mais acontece, e é justamente não manter relacionamentos. Criar uma rede de contatos é importante, mas ela não deve ser maior do que aquilo que você pode dar conta.

Muitas vezes pela correria e aumento no fluxo de trabalho, fica impossível dar para os clientes a mesma atenção que se dava no início da carreira. Se preocupar apenas em vender e entregar para novos clientes pode ser prejudicial, pois se o cliente não tem motivos para lembrar de você depois, ele vai acabar procurando outro profissional.

Erros nos negócios - Entrega

Invista nas suas habilidades de pós-venda, e gere mais pontos de contato com seus clientes. Foto por Uriel Mont / Pexels.

Aqui vale a pena estudar bastante sobre pós-venda e adotar práticas para continuar se relacionando com seu cliente de maneira natural. Muitos empreendedores usam um CRM (Customer Relationship Manager), que traduzindo para o português significa Gestão de Relacionamento com o Cliente.

O CRM é usado para organizar informações coletadas e armazenar dados importantes de seus clientes, e de pessoas interessadas em seus serviços. Isso ajuda, por exemplo, a desejar parabéns nos aniversários, relembrar trabalhos feitos e até oferecer condições especiais para novos trabalhos. Assim, invista em habilidades que trazem melhorias para os seus resultados.

Se restou alguma dúvida, ou você tem outros erros que estão atrapalhando os seus negócios como fotógrafo para citar, use a seção de comentários aqui do blog e vamos conversar!

Até o próximo conteúdo aqui no Aprenda com Paulo!

 

Leave a Reply