fbpx

A fotografia publicitária faz parte de um mercado extremamente exigente. Mas essa exigência leva também a um grande potencial de crescimento. O fotógrafo publicitário é por natureza um profissional flexível, pois lida com demandas de clientes totalmente diferentes entre si.

Para exemplificar, através da minha agência Craft, já fotografei para clientes como Audi, Coca-Cola, Eudora e Motorola. São empresas que lidam com produtos e público alvo bem distintos, mas que têm a mesma necessidade: criar conteúdos atraentes para se comunicar com seus clientes e vender os seus produtos.

 

No Brasil são poucos os profissionais que trabalham nessa área com o nível de dedicação e excelência desejado por empresas multinacionais. Então o potencial a ser explorado é ótimo pra quem realmente se dedica!

COMO ENTRAR NO MERCADO DA FOTOGRAFIA PUBLICITÁRIA?

 

Dominar a área publicitária e entrar no mercado mais lucrativo da fotografia exige além de dedicação, uma rotina de estudos para desenvolver habilidades importantes.

Ficar por dentro de todas as técnicas e novidades sobre o mercado de fotografia publicitária vai te ajudar a desenvolver apenas um aspecto do que é esperado de um profissional dessa área. Afinal, os clientes esperam lidar com alguém organizado e que seja capaz de cumprir as demandas com certo nível de excelência.

Fotografia Publicitária - Fotógrafo trabalhando

Na fotografia publicitária, organização e eficiência são requisitos chave para trabalhar com grandes clientes. Foto por Kyle Loftus / Pexels.

Trabalhar o lado dos negócios é vital para ter sucesso na sua carreira como fotógrafo publicitário. Assim, algo que fará você se destacar é aprender a atrair clientes e cobrar pelo seu trabalho.

Entre as ações consideradas essenciais para começar com o pé direito na área publicitária, podemos citar:

Definir o seu nicho de atuação:

Ao trabalhar como generalista, isso pode dificultar que os clientes te enxerguem como referência em algo específico que estão buscando. Então, pense no que você gosta de fotografar e coloque todas as informações no papel para definir o seu nicho.

Criar um bom portfólio:

Use apenas as suas melhores fotos! Nada de escolher fotos “mais ou menos” para deixar o portfólio maior ou juntar fotos de vários nichos. Lembre-se que você precisa mostrar o seu melhor trabalho para chamar atenção dos clientes!

Definir seu preço:

É extremamente importante que você tenha total controle sobre as finanças do negócio como fotógrafo para que você saiba o quanto cobrar por cada tipo de serviço. Se não sabe, por exemplo, o preço da sua diária, é importante aprender a precificar o seu trabalho.

Agora, quando se fala em destacar o seu lado profissional, existem 3 qualidades que fazem o fotógrafo publicitário ser visto com outros olhos:

Saber negociar seus serviços:

Você precisa definir limites com os clientes. Não deixe que eles digam quanto vale o seu trabalho! Também é muito importante usar contratos para se proteger e não ser arrogante na hora de negociar com o cliente. Lembre que você tem muito mais a perder se não fechar o projeto do que ele.

Saber fazer networking:

Para ter sucesso no mercado publicitário, é importante aprender a fazer um bom networking. Faça amigos, conecte-se com outros fotógrafos e profissionais do mercado. Assim, além de evoluir na vida pessoal e profissional, criar uma rede de contatos ajuda a conquistar novos clientes, fidelizar os antigos e cria novas oportunidades de indicação para outros projetos.

Saber contar histórias:

Na fotografia publicitária é importante saber contar histórias através das suas fotos. Isso porque em campanhas publicitárias é necessário criar fotos que se conectem com as pessoas e ajudem o objetivo da marca a ser atingido.

É por isso que agora, toda segunda-feira, apresento aulas ao vivo no meu canal do Youtube sobre essa temática. Se você não assistiu a primeira delas, não se preocupe, basta conferir aqui:

 

Espero que você tenha gostado das dicas e aproveite bastante para aprender ainda mais. E se restou dúvidas a respeito do tema, use a seção de comentários e vamos conversar.

Até o próximo conteúdo aqui no Aprenda com Paulo!

 

Leave a Reply